Imunoalergologia

Imunoalergologia

A especialidade

As doenças alérgicas atingem 25 a 30% da população e poderá atingir uma em cada duas pessoas em 2050.

Existem várias formas da doença alérgica se expressar, desde a conhecida rinite, mas também a conjuntivite, a asma, a urticária, o eczema, os problemas gastrintestinais e a mais grave de entre elas a anafilaxia que pode ser fatal.

Um doente alérgico pode ter várias doenças alérgicas ao mesmo tempo ou ir passando por várias formas de expressão da sua alergia ao longo da sua vida.

As causas dessas alergias são muitas, mas para as doenças respiratórias, sem dúvida que os ácaros do pó e os pólenes representam a maior parte dessas causas.

Entre os alimentos alérgicos eles são muito variados, mas se juntarmos o ovo, o trigo, o amendoim, o leite de vaca, a soja, o peixe e o marisco encontramos justificação para mais de 80% das alergias alimentares … os outros 20% é muitas vezes um trabalho “policial”.

Mas temos ainda as alergias a venenos (picadas de himenópteros), a medicamentos, ao latex e as alergias de contacto.

Para responder a estas necessidades de diagnóstico, muitas vezes difícil e moroso, a especialidade de imunoalerglogia tenta encontrar o elemento alergizante e posteriormente propor um tratamento que permita aos doentes alérgicos terem uma normal forma de vida, tenham eles uma doença respiratória, gastrintestinal ou outra qualquer forma de expressão da sua alergia.

Esta especialidade não olha apenas para um órgão ou para um sistema, mas sim para todo o organismo na sua mais completa complexidade e homeostasia o que obriga a que estas avaliações clinicas sejam demoradas e exijam uma grande cumplicidade por parte dos doentes.

Av. Nossa Sra. Rosário 1212, 2750-178 Cascais

+351 214 826 860

©  2018 Clínica do Rosário